fbpx
Turismo

Saiba o que é Olivoturismo e descubra 3 formas de experienciar os melhores azeites de Portugal

Foto: Elements

Região do Alentejo explora turismo dedicado ao azeite, por ser marcada por extensos olivais de onde se extraem as melhores azeitonas para produzir uma iguaria única e saborosa.

Que o azeite de oliva português está entre os melhores do mundo, boa parte das pessoas ja sabem. Que o país produz em média 140 milhões de litros de azeite por ano e a região do Alentejo, maior região de Portugal, é responsável por 90% de todo “ouro líquido produzido no país, talvez não.

Por ser frutado e suave, complexo e harmonioso, o azeite alentejano tem todas as qualidades que o posicionam entre os melhores. Então, com uma produção tão expressiva, um produto de qualidade e o já proeminente turismo da região, nascem novas formas de se explorar a olivocultura.

O que é Olivoturismo?

O Olivoturismo é o nicho do turismo que se aprofunda em mostrar aos visitantes como é feito o cultivo das oliveiras, a produção das azeitonas, a elaboração, degustação dos azeites extravirgens, a história, a cultura e até tratamentos relaxantes regados ao óleo. Ou seja, toda experiência que gira em torno da cadeia produtiva e/ou do produto em si.

O azeite é um ingrediente essencial na culinária local, e todos os viajantes acabam provando-o nas refeições. Mas, além de experimentar os pratos típicos alentejanos preparados com azeite ou ver as paisagens marcadas pelos olivais, os turistas também podem aproveitar diversas atrações e atividades alusivas a esta iguaria. É o chamado olivoturismo.

Entre as atividades mais comuns estão as visitas às herdades produtoras, nas quais os viajantes são acompanhados por um guia em todas as fases da produção, desde o plantio e a colheita até o lagar, quando a azeitona é prensada. Em algumas herdades é possível acompanhar essa atividade, além de participar de degustações dos azeites e aprender as diferenças entre cada um deles.

Atividades do Olivoturismo no Alentejo

Considerado o destino mais genuíno de Portugal, o Alentejo é a maior região do país.

Privilegiando um lifestyle tranquilo em que a experiência de viver bem dá o tom, conta com belas praias intocadas e cidades repletas de atrações ímpares, como castelos e monumentos históricos.

Detentor de quatro títulos da UNESCO e diversos outros prêmios e reconhecimentos internacionais no setor do turismo, o Alentejo oferece opções para todos os tipos de viajantes, sejam famílias, casais em lua de mel ou aventureiros. O Olivoturismo é uma dessas tantas opções e hoje vamos te mostrar 3 atividades distintas que giram em torno da olivocultura local:

Herdade do Esporão

A Herdade do Esporão é um grande produtor de azeite do Alentejo e suas oliveiras se espalham enfileiradas por toda a propriedade. Por lá são produzidos mais de 1 milhão de litros da iguaria por ano. Além da plantação de oliveiras, os turistas também podem visitar o local onde ficam os maquinários que preparam o azeite.

Olivoturismo na Herdade do Esporão
Olival Herdade do Esporão (Foto: Assessoria)

Lagar Museu Melara Picado Nunes

E para aqueles que querem viajar pelas raízes do saber alentejano de extrair o bom sabor da azeitona, é possível vivenciar experiências únicas no Lagar Museu Melara Picado Nunes. Localizado na aldeia de Galegos, em Marvão, o local oferece uma visita guiada que conta a história de uma família produtora e do azeite de Marvão, com direito a visita a um olival, a um lagar antigo e a um lagar em funcionamento, além de uma degustação de azeites.

Hotel & Spa Convento do Espinheiro

Outra opção é relaxar em um dos incríveis spas que utilizam o azeite alentejano em terapias exclusivas. Devido ao seu alto teor de ômegas e vitaminas A e E, os tratamentos com o azeite alentejano são extremamente benéficos para o corpo. Os visitantes podem encontrar esse tipo de tratamento no belíssimo Convento do Espinheiro, em Évora.

Olivoturismo no Convento do Espinheiro
Jardim do Convento do Espinheiro (Foto: Reprodução Internet)

Leia Mais…

Clube Muito Gourmet
Dicas & Promoções Exclusivas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Por Aí

Puro encantamento: conheça o Baixio

Vale a pena ler também...