fbpx
Cultura

Carmim de Cochonilha: conheça o corante feito de inseto que você consome e nem sabe

Carmim de Cochonilha
Foto: Pexels / Polina Tankilevitch

Besouro-suco, ou Beetlejuice, é um personagem icônico do filme Os Fantasmas se Divertem, do início dos anos 1990. Muita gente vai se lembrar que não se deve nunca pronunciar besouro-suco três vezes, ou corre o risco do Michael Keaton aparecer na sua frente! Rs rs.

Referências cinematográficas à parte, acredite ou não, existe, de fato, um “besourinho” que está presente em produtos que consumimos cotidianamente. Você sabia?

Estamos falando do carmim de cochonilha. Você pode não saber, mas a nutricionista Millian Andrade explica do que se trata:

O que é Carmim de Cochonilha?

No grupo dos corantes naturais, há um que é extraído de um inseto: a cochonilha ou Dactylopius coccus. O bichinho vive em uma espécie de cacto peruano e possui diferentes cores e é rico em diversos corantes, podendo ser vermelho, laranja, marrom, verde ou amarelo.

Reprodução / Internet

Onde é utilizado?

Este inseto possui uma grande quantidade de ácido carmínico em seu corpo e este ácido é responsável pela coloração vermelha do corante. Esse corante, por sua vez, é muito utilizado na indústria da alimentação na composição de biscoitos, embutidos, sorvetes, balas e iogurtes e, os sabores, variam entre morango, frutas vermelhas, uva, goiaba, maracujá e açaí, sendo usado também em geleias, sobremesas e, olha só, sucos.

O Processo

Para extrair o corante carmim, os insetos são esmagados e o corante é extraído com amônia. A sua coloração pode variar com o pH. Assim, em pHs mais alcalinos, o resultado é o roxo e em pHs mais ácidos, ele pode ficar alaranjado.

Apesar de ser um corante natural, algumas pessoas podem apresentar alergia ao carmim de cochonilha. Além disso, as pessoas cujas dietas não incluem alimentos de origem animal, não consomem este corante.

Onde o Carmim de Cochonilha está presente?

O corante está presente em inúmeras categorias de alimentos utilizado em larga escala também pela indústria cosmética sendo também empregado em medicamentos e roupas.

Como identificar?

Atenção à lista de ingredientes para quem quer evitar esse corante, como é o caso dos veganos que não consomem ingredientes de origem animal ou quem é sensível a ele. Na rotulagem, o corante carmim de cochonilha pode ser chamado de carmim, cochonilha, ácido carmínico e/ou também pelo sistema numérico internacional de identificação: INS 120.

Veja mais uma matéria com a nossa nutricionista parceira Millian Andrade: O que é Clean Label?

Clube Muito Gourmet
Dicas & Promoções Exclusivas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Cultura

Você conhece o vinho de dendê? Descubra

Vale a pena ler também...